“Foi um momento inesquecível, sair de Sedona ouvindo a música “Sugar”, do Marrom 5″  , contou Roberto.

Durante dias, Roberto Nedelciu e o grupo de motociclistas, da Raidho Tour Operador, aventuraram-se de moto pela Rota 66 no estado do Arizona, nos Estados Unidos. De volta ao Brasil, o líder do grupo, Roberto, conversou com a gente e contou um pouco desta maravilhosa experiência.

GVA – Quais foram as suas impressões da Rota 66?

Roberto – A Rota 66 foi estabelecida, em 1926. A mítica Route 66 ficou famosa na década de 60 por representar a liberdade e o espírito de rebeldia dos jovens americanos.
Atualmente, só existem alguns pedaços da original Rota 66, muitas partes da antiga via foram incorporadas as modernas estradas ou simplesmente desapareceram. As partes que restam da histórica Rota 66 estão bem conservadas, mas com pouco movimento pois são consideradas estradas secundárias.
No percurso, ainda existem pequenos vilarejos que sobrevivem, exclusivamente, por causa do movimento da estrada.                                                                                                                                 A sensação de pilotar pela Rota 66 é de voltar para década de 60 ou para a época do Velho Oeste.

GVA – Conte-nos sobre os fatos mais engraçados que aconteceram durante a viagem.

Roberto – Uma das coisas mais surpreendentes do Arizona é o povo. Um fato interessante foi quando paramos em um McDonalds para tomar café da manhã, lá tinham várias pessoas  e quando entramos no local equipados com jaquetas, botas, capacetes e luvas, todas as pessoas pararam o que estavam fazendo e nos seguiram com os olhos.
Após fazermos os pedidos, um senhor idoso com dificuldade para andar, sentou-se ao meu lado, começou a conversar comigo e queria saber detalhes da minha moto. Ele disse que adorava moto, mas após um acidente na guerra do golfo nunca mais pode pilotar.
Não perguntei o que havia acontecido, mas ele ficou tão animado com minha moto que terminou cantado a música “Born to be Wild” para mim. Todos riram e ele fez questão de me acompanhar até minha moto.

GVA – Conte-nos um pouco sobre as cidades que você visitou no Arizona.

Roberto – Gostei muito de Sedona que é uma cidade charmosa e elegante com paisagens deslumbrantes. Adorei muito Page e o Grand Canyon também. Visitei várias cidades diferentes com lindas paisagens e com maravilhosas atrações, que não é possível destacar uma ou outra. Durante a viagem de moto pela Rota 66, eu lembrei muito de uma frase que um colega me disse: “Quando você viaja de carro, aprecia a paisagem. Mas de motocicleta, você se integra a ela.”  

Roberto terminou a entrevista falando dos planos para a próxima viagem ao Arizona.   “Estou negociando voltar ao Arizona em setembro ou outubro, deste ano, mas desta vez com um grupo maior. Já estou ansioso para voltar e ver o Estado do Granyon em uma outra estação do ano”, finalizou Roberto.

Que tal se aventurar pela Rota 66 no Arizona?! Siga-nos nas nossas mídias sociais e conheça!

Roberto conta sobre a moto trip pela Rota 66 no Arizona

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>