Barbados é uma ilha bem autêntica, pra quem quer ir além do Caribe mexicano e seus megarresorts que mal oferecem experiências de viagem e de onde quase não se sai de dentro. A ideia em Barbados é explorar.

Praias de areia branquinha banhadas pelo Mar do Caribe pra relaxar e falésias de pedra calcária onde batem ondas do Atlântico pra admirar; restaurantes chiquetosos à beira-mar e um mercado de peixes que vira uma festa nas sextas à noite, o Oistins Fish Fry; casas de ingleses superfloridas com detalhes em mogno e as chattel houses, casinhas de boneca da classe trabalhadora do século XIX.

Tem também o resort mais antigo do Caribe ainda em funcionamento, o The Crane, com sua faixa de areia premiada em diversos rankings de praias mais bonitas do Caribe – e do mundo –, e resorts pé na areia com ótimo custo-benefício, como o Accra Beach Hotel and Spa; lojas duty free e galerias gracinhas de artistas locais; o rum mais antigo do mundo (Mount Gay) e drinques coloridos que piscam. É daqueles lugares em que cada dia pode ser bem diferente do outro.

Barbados: o Caribe autêntico, por Anna Laura Wolff

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>