Monaco Adega

Muita coisa acontece nos 2km² de Mônaco. Desde inúmeras atrações culturais como festivais de música, até famosos eventos esportivos que atingem o mundo todo. Além disso, há muita história e curiosidades no Principado mais charmoso da Europa.

Mônaco é muito bem servido de excelentes hoteis que atendem às necessidades de todos os viajantes. É sob os jardins floridos de um dos hoteis mais lendários que se encontra um tesouro que continua escondido: A adega do Hôtel de Paris.

Um dos maiores trunfos do Hôtel de Paris, uma das mais refinadas e tradicionais opções de acomodação em Mônaco, é sua adega centenária. Ela foi construída por mais de cem pessoas durante 18 meses e leva o título de maior adega dentro de um hotel no mundo. A localização, conforto e decoração do Hôtel de Paris foram pontos decisivos para que abrigasse esta adega excepcional.

Inaugurada em 1874, o local servia para engarrafar vinhos que chegavam em barris provenientes de Bordeaux. Durante a Segunda Guerra Mundial, uma parte da adega foi fechada por uma parede formada por sete camadas de garrafas. O intuito era esconder e, portanto, impedir a apreensão, das cerca de 20 mil garrafas, inclusive as mais preciosas.

O tesouro do hotel ficou protegido, assim como sua prataria e até mesmo a fortuna de alguns hóspedes do hotel. Suas portas foram reabertas no final de 1945, confiadas a um célebre hóspede, Sir Winston Churchill, quando a Europa já estava em paz.

A adega monegasca que sobreviveu à Segunda Guerra Mundial

Post navigation


2 thoughts on “A adega monegasca que sobreviveu à Segunda Guerra Mundial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *