Adriano Gomes, 42 anos, casado com Maria Luiza e pai de Sofia e Emanuelle. Teólogo, historiador, pós-graduado em Política e Relações Internacionais, Ensino Superior em Gestão Estratégica de Negócios, MBA em Marketing e Vendas e Mestre em Liderança e Gestão. Executivo de turismo há 24 anos, ele trabalhou em empresas, como Soletur, Tam Viagens, Nascimento Turismo. Atualmente, é Diretor de Produtos Internacionais da CVC e professor de pós-graduação em cursos de Marketing, Administração e Turismo.

Em 2014, Adriano conheceu Mônaco e relatou sua maravilhosa experiência no principado no blog da GVA, representante do destino no país.

“Fui a Mônaco em novembro de 2014, depois de ter participado de uma feira na França. Como o meu voo retornava de Paris na segunda-feira, resolvi conhecer o Principado, destino de roteiros da CVC. Voei até Nice e tomei um helicóptero de para Mônaco num belo voo de 10 minutos e uma facilidade imensa de acesso ao país. Chegando ao heliponto, peguei uma van e em 10 minutos estava no Hotel Fairmont Monte-Carlo, famoso por ter como cenário a curva La Rouge da Fórmula 1.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Visitei praticamente todos os museus, igrejas, além dos cassinos, cafés e inúmeros shoppings e galerias. Também aluguei uma Ferrari para andar pelas ruas do Principado com uma facilidade impressionante. Andei tanto de ônibus turísticos (hop on hop off) quanto em ônibus públicos que são super baratos, com ar-condicionado e hora marcada. Ainda tive a oportunidade de assistir ao jogo do Monaco 1 x 1 Reims pelo campeonato francês no belíssimo Stade Louis II. O atendimento foi ótimo, a torcida era pequena, mas animada e ainda tive a oportunidade de comprar vários materiais na loja oficial do time. Virei torcedor.
Outra coisa que me impressionou é a paixão dos monegascos pelos barcos e pela Fórmula I. O país respira isto e lá é possível ir a uma super loja tradicional que vende tudo de Fórmula 1 e até visitar o museu de carros do príncipe Albert II. Pude, durante toda a manhã, andar pelos poucos quilômetros do Principado e curtir o belo clima e hospitalidade do povo. Andei tanto pelas ruas sofisticadas como pelas ruas simples, de cidadãos normais.


O que me chamou a atenção é que há opções para todos os gostos e bolsos, desde o tradicional Buddha Bar até os restaurantes mais simples, onde pode-se comer bem pagando um preço justo. É possível tomar um café glamuroso no Café de Paris ou um simples café com pãozinho na chapa em uma padaria de lá.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Em termos de hospedagem, mesmo o Fairmont Monte-Carlo com toda a sua fama e sucesso tem um preço justo igual a um 4 estrelas superior em qualquer outra parte da Europa, sendo que também pode-se encontrar opções de hospedagem de 2 ou 3 estrelas e até mesmo hostels e pousadas. Definitivamente, o principado, com todo o seu glamour e fama é um destino maravilhoso que é acessível para todos os gostos. Sou fã de Mônaco e pretendo voltar lá com a minha família para conhecer mais deste pequeno e charmoso país”.

Dicas de quem conhece Mônaco: Adriano Gomes, da CVC.

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>