Crédito: Alphonse Island
Crédito: Alphonse Island

Um paraíso isolado e com paisagens tão incríveis que parecem saídas de um sonho. Esta é a primeira impressão de qualquer pessoa que coloque os pés em Alphonse, um grupo de atóis perdido no meio do Oceano Índico, que faz parte do arquipélago de Seychelles. O conjunto de três ilhas – Alphonse, St Francois e Bijoutier – está a cerca de 400 Km de Mahé, principal ilha do país, e é considerado um dos locais mais intocados do planeta. Destino perfeito para viajantes em busca de uma natureza autêntica que não abrem mão do conforto, Alphonse é uma soma de praias de areia branca e águas transparentes, florestas densas e coqueirais e casa de centenas de espécies de flora e fauna. O importante ali é curtir a natureza ao máximo e substituir o wifi por experiências únicas e momentos deliciosos com a família e amigos.

Situadas a 7º ao sul do Equador, as ilhas são algumas das mais remotas do país e presenteiam os visitantes com um clima quente o ano inteiro, variando entre 22ºC e 35ºC. Qualquer época do ano é ideal para visitá-las. Entre outubro e abril, as temperaturas são mais altas e a umidade é maior, o que resulta em chuvas tropicais rápidas e refrescantes. No resto do ano a temperatura é um pouco mais amena e o clima torna-se mais seco.

A ilha Alphonse possui um único resort, com 21 bangalôs e cinco suítes, que oferece o máximo de conforto e uma estadia excepcional. Os bangalôs, com cerca de 54m², acomodam dois adultos e uma criança e estão rodeados por jardins tropicais e apenas a alguns metros de uma praia paradisíaca. Cada um possui uma varanda própria, com vista para as águas turquesas, perfeita para aproveitar um nascer do sol ou o anoitecer acompanhado de um xícara de café ou um drink. Um chuveiro ao ar livre também é um dos highlights do quarto. Já as suítes são maiores e acomodam dois adultos e duas crianças em seus 126m² de área. A poucos metros do oceano, elas possuem uma área de lounge e um deck privativo.

O resort ainda oferece diversas facilidades como um beach bar, um restaurante e um smoothies café no jardim, uma área de entretenimento com mesa de sinuca e tênis de mesa, uma piscina, o Azure Spa, uma quadra de tênis, uma mesa de xadrez gigante, uma boutique, um centro de esportes aquáticos, um centro de mergulho, um centro de pesquisa de conservação da ilha e um santuário de tartarugas. A gastronomia do resort é diversificada e inspirada na atmosfera tropical. Os pratos utilizam ingredientes da horta local e peixes frescos, combinando influências das cozinhas creole e francesa. Além do restaurante, o hotel também pode providenciar o jantar no quarto, na praia ou na piscina.

O belo litoral, lagoas e planícies cobertas pelo mar límpido já dão o tom da viagem. E há ainda experiências inesquecíveis para aproveitar a natureza da ilha. A ilha Alphonse tem várias trilhas e lugares secretos que podem ser descobertos em um tour guiado de bicicleta. O guia dá informações sobre a história do lugar e sua biodiversidade, além de parar em vários pontos com paisagens incríveis para contemplação e fotos. É possível também solicitar a bicicleta e explorar a ilha em seu próprio ritmo, fazendo uma parada para piquenique – o resort pode preparar uma cesta com quitutes para ser levada no passeio. Para os apaixonados por caminhadas, as trilhas podem ser feitas a pé.

Uma visita a ilha Bijoutier é imperdível, com suas praias desertas e águas completamente cristalinas e calmas. Um ponto específico da ilha abriga ninhos de tartarugas marinhas e o ciclo de vida desses animais é todo explicado pelos guias que conduzem o tour. O barco leva cerca de 15 a 20 minutos para chegar a Bijoutier partindo da Alphonse Island. Para chegar a St. Francois Island é necessário navegar cerca de 45 minutos.

A pesca é uma das principais atividades no grupo de atóis, devido a gigante variedade de espécies encontradas ali, como peixes veleiro, wahoo e dourados, e águas preservadas e muito pouco exploradas. São oferecidos passeios de pesca em alto mar de meio dia ou de dia inteiro e há inclusive um fly fishing guiado na ilha Alphonse.

Um tour para avistar golfinhos é outra atividade disponível, dado que a ilha é casa dos simpáticos animais durante todo o ano e encontrá-los em seu habitat natural é certamente muito emocionante. Eles costumam ser tímidos, mas quando avistados são bastante enérgicos.

Caiaques e stand up paddle são uma ótima opção para se divertir durante o dia e explorar as águas do Índico de forma independente. É uma forma de chegar perto das tartarugas e arraias que nadam livremente perto da costa. Para conhecer mais sobre a rica vida marinha deste santuário é indicado um passeio de snorkelling, cujos equipamentos estão disponíveis para todos os hóspedes, ou mesmo um mergulho, para uma exploração mais aprofundada. Existem 15 pontos de mergulho que podem ser conhecidos tanto por iniciantes quanto mergulhadores experientes, que se deparam a cada dia com espécies fascinantes de peixes e outras criaturas marinhas.

Outras expedições imperdíveis são uma visita aos corais com um biólogo marinho e um cruzeiro ao pôr do sol em um barco luxuoso, acompanhado de uma cerveja ou um cocktail.

Por fim, Alphonse é muito comprometida com a conservação de sua fauna e flora e promove pesquisa, reabilitação e programas de monitoramento, focando nas tartarugas marinhas e gigantes, habitats marinhos e reflorestamento. Há inclusive um centro de conservação desde 2007, chamado Island Conservation Society Centre, que oferece atividades relacionadas à sustentabilidade, que estão disponíveis para os hóspedes.

 

Para saber mais sobre a ilha, acesse www.alphonse-island.com.

Para conhecer mais sobre Seychelles, www.visiteseychelles.com.

Alphonse Island: um paraíso escondido no Índico

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *